Fale Conosco

Consultas e Exames: (021) 2501-2893

Administração: (021) 2501-3546

Venha Conhecer

Rua Lucídio Lago, 210
Méier - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20780-020

Saiba Mais
  • Facebook - Grey Circle

Atendimento Tetefônico: Seg à sex das 07:30h às 17:30h e Sab das 08:00h às 12:00h

Descolamento da Retina

Consultas: (021) 2501-2893

Exames: (021) 2501-3546

A retina é a parte posterior e invisível do olho, também denominada “fundo de olho”. Localiza-se sobre a coroide, que é a rede de vasos sanguíneos. Estas duas camadas (coroide e retina) repousam sobre a uma terceira camada ocular, chamada esclera. O corpo vítreo é um fluido gelatinoso, transparente, que preenche o espaço entre o cristalino (a lente do olho) e a retina, mantendo a forma do globo ocular e funcionando como um amortecedor de choque, ajudando a manter a retina no lugar.
A contração do corpo vítreo pode tracionar a retina, causando uma rotura ou buraco na retina e permitindo que o líquido do corpo vítreo passe através da rotura retiniana e descole a retina da coroide, assim como acontece quando a penetração de líquido entre uma parede e o papel de parede força a separação do mesmo.
A tração vítrea, causada pela contração do corpo vítreo, é a causa mais frequente de formação de buracos na retina. Isso acontece por um processo normal de envelhecimento que ocorre na retina e no vítreo, sendo que este último liquefaz-se e tende a se contrair. Em alguns casos as roturas retinianas resultam de um trauma no globo ocular que leva a retina a rasgar-se de sua aderência na coroide.
Algumas roturas são de origem hereditária e muitas estão relacionadas à miopia, principalmente à alta miopia (>-6. OD).
A evolução do conhecimento da gênese dos descolamentos de retina permitirá tratamento mais eficaz e medidas efetivas para a prevenção do descolamento de retina.